Um produto teve seu preço aumentado em 20% no mês de julho

Se você está se perguntando como calcular o preço de um produto após acréscimos sucessivos, chegou ao lugar certo! Neste artigo, vamos mostrar como é fácil fazer esse cálculo usando apenas matemática básica.

A questão do aumento de preços

Antes de explicar como calcular o preço após acréscimos sucessivos, é importante entendermos um pouco sobre a questão do aumento de preços.

Os motivos para os preços subirem podem variar bastante, mas estão geralmente relacionados a fatores como aumento dos custos de produção, inflação e demanda elevada.

Exemplo prático: cálculo do preço após acréscimos sucessivos

Para exemplificar como calcular o preço após acréscimos sucessivos, vamos considerar um produto que teve seu preço aumentado em 20% no mês de julho e, no mês de agosto, sofreu um novo aumento de 30%. Sabendo que o preço original era R$ 200,00, qual será o preço final do produto após os acréscimos sucessivos?

Passo 1: cálculo do aumento de preço em julho

Para calcular o aumento de preço em julho, precisamos multiplicar o preço original de R$ 200,00 por 0,2 (20% em forma decimal). Isso nos dá um aumento de R$ 40,00.

Passo 2: cálculo do preço após o aumento de julho

O novo preço do produto após o aumento de julho será R$ 200,00 + R$ 40,00 = R$ 240,00.

Passo 3: cálculo do aumento de preço em agosto

Para calcular o aumento de preço em agosto, precisamos multiplicar o novo preço de R$ 240,00 por 0,3 (30% em forma decimal). Isso nos dá um aumento de R$ 72,00.

Passo 4: cálculo do preço final do produto

O novo preço do produto após o aumento de agosto será R$ 240,00 + R$ 72,00 = R$ 312,00.

Aumento de preços do produto

Conclusão

Calcular o preço de um produto após acréscimos sucessivos é uma tarefa simples e importante para quem precisa lidar com questões financeiras no dia a dia.

Sabendo como fazer esse cálculo, você pode se planejar melhor e evitar surpresas desagradáveis com relação aos preços.

É importante lembrar que os preços podem sofrer variações de acordo com diversos fatores, e é fundamental estar sempre atento a essas mudanças para tomar as melhores decisões financeiras.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem